domingo, 20 de setembro de 2009

Os sonhos (e os sonhadores) não envelhecem

Meu pastor, muito obrigado.
É muito dificil escrever sem chorar. Chorar não pela sua morte, mais chorar por saber que você meu amigo, que sempre foi um pai para mim, não vai estar mais aqui para me ajudar. Não vai mais atender ao telefone quando eu te ligar a qualquer hora. Não vai mais fazer piada entre o meu Flamengo e o seu Vasco, que alias,parabens, deve voltar a primeira divisão.
Você foi meu pai,não só um pai na fé, você me educou que o nosso Pai Espiritual é Deus, mas você foi também um pai a todo o tempo para mim.
Tenho que agradecer ao Otto, Roberto e Margareth por dividir você não só comigo mais com todos seus outros filhos. Sei que roubei, ou melhor, todos nós roubamos um pouquinho de você deles.
Você foi mesmo um pai de verdade, aquele que me cobrou na hora certa, que me animou na hora que eu precisava ser animado; que me insentivou na hora que precisava ser insentivado e que me apoiou na hora que precisei ser apoiado. Sou grato a Deus por sua vida!
Você foi um pai, pelo carinho em estar se preocupando com meu crescimento, não só espiritual, mas como homem, marido e pai.
Quando eu já tinha 11 anos meus pais se separaram e, acho que você vendo um menino de 11 anos, idade difícil, sozinho, sem um pai em casa, de certa forma ele me adotou. Procedimento que sei que você teve com dezenas, centenas de jovens como eu em nossa igreja em tempos diferentes, mas você, sempre me tratou como se fosse único, todos nos fomos únicos para você , mesmo você tendo tantos para cuidar conhecia cada um de nós .
Nessa época ganhei também uma segunda mãe, D. Helga, te amo muito e agradeço por tudo que até hoje você faz por mim e pela minha mãe, sua amiga.
Desde então foram horas e horas de orientção, conselhos , carinhos e puxões de orelha!! Sim, como você sabia puxar orelhas! Graças a Deus por isso!
Sua sombrancelha levantada ... quem iria desafiar? Aquela convocação do púlpito : “O Pastor gostaria de falar com o irmão depois do culto” Quem iria recusar?
Aquele seu amor, aquele carrinho em se interessar sinceramente, quem não ficaria agradecido?
Cresci com suas pregações e confesso, demorei muito tempo a conseguir participar de um culto com outro pastor. “Biblia + oração = Santificação.” ; “Deus é bom toda vida, toda vida Deus é bom”. Deus é tão bom comigo, que sabendo que ele ia precisar de você aí no céu, me deu outrro amigo como você para ser meu pastor, o Pr Truman. Sabe que o Truman nunca vai esquecer de quando você o convidou para pregar em sua igreja? E pelo seu amor com ele, hoje fez que o amor dele com o Brasil aumentasse e hoje ele está firme trabalhando com Missões no Brasil.
Seu amor com o próximo, a assitência social como demostração do amor de Cristo. Meu pastor, aprendi a amar o próximo com seu exemplo não só com os seus sermões. Seus ensinamentos no REENCONTRO durante o período que você me levou para lá para que eu aprendesse. Sigo apaixonadamente seus passos e com eles caminho hoje na minha vida pública. Que Deus me ajude a continuar a sempre seguir o seu exemplo.
Você sempre foi um visionário, que muitos de pouca visão chamavam de melagomaníaco. Graças a Deus por ter me ensinado a enxergar além da minha própria pequenez e saber a contar com Deus em nossos planos de vida.
Sei como foi duro para você ter sido sempre um homem adiante do seu tempo, que só o tempo pode explicar. Obrigado mais uma vez meu amado amigo, por ter me ensinado a não me deixar ser influenciado pelos fracos mesmo com muitos nos criticando e rotulando como louco. Sou grato a Deus por isso.
Um homem com amor as almas perdidas. Amor esse que nunca desistiu de niguém, que sempre acreditou e graças a isso, meu pai biológico hoje é um crente. Fico te devendo essa também.
Pastor, muito obrigado por me carregar com você pelo Brasil a fora em suas cruzadas evangelísticas. Foram tantas que até perdi a conta! Muito obrigado por deixar eu tomar conta de sua pasta de trabalho enquanto ia pregar o evangelho para aqueles milhares. Você me mostrou o que Deus pode fazer na vida de muitos.
Você me colocou para trabalhar duro na igreja desde cedo. Gostava muito de ser seu assistente no gabinete pastoral durante o mês da mocidade. O trabalho com os homens de negócio que começou dentro do seu coração, as classes da Escola Dominical a particpação desde cedo na liderança em uma igreja tão grande ! Você me ensinou a amar a obra do Senhor.
Eu nunca vou esquecer de quando eu lhe acompanhava nas reuniões denominacionais e com outros lideres evangélico. Tambem não vou esquecer os momenntos descontraídos que tínhamos depois das Assembléias Convencionais! Ontem mesmo estava lembrando sobre isso! Agora sinceramente eu te pergunto, embora saiba que só o tempo vai me responder: Porque você se preocupava em me ensinar esse caminho ?
E na rádio ? Eu tinha uns 14 anos e você me colocou no estudio pela primeira vez. Nunca vou esquecer das gravações do programa de TVs. Aprendi a ver e entender por trás das câmeras e saber do poder que os meios de comunicação tem para espalhar o evagelho. Você por várias vezes me alertou que nós evangélicos temos que usar as ferramentes que temos disponíveis. Hoje estamos aqui na internet.
Quantos desafios? Você jogou duro comigo nisso. Me fez enfrentar tantos e depois, me mostrava satisfeito o resultado. Você acertou todas não é mesmo ? Muito obrigado.
Você sempre fez parte de nossa família. Os momentos juntos em nossa casa, meu casamento, o nascimento do meus filhos, as ligações que sempre trocamos, o carinho com minha mãe e a paciência com meu pai, nós vamos sempre te amar. A propósito, mamãe anda muito triste pela sua ida.
Pastor, em uma coisa eu ainda não conheci ninguém igual a você. Você sempre foi o mestre em perdoar e acreditar em uma segunda chance. Quantos foram os que você perdou e “reperdoou” e “rereperdoou” ? Sete vezes sete! Quantos que te caluniaram e buscaram o seu mal e você sempre os amou e concedeu perdão. Me lembro perfeitamente em uma vez em que eu era o caluniado e queria responder e você me ensinou : “Nunca perca seu tempo em querer responder nada, siga me frente para o alvo e deixe que o Senhor se encarregue disso”. Demorei a enteder mas, mais uma vez você estava certo.
Douglas S Heizer